Gengibre, o inimigo das doenças de inverno

Essa poderosa especiaria pode te ajudar a aliviar tosse, dores de garganta e muito mais


O friozinho e o tempo seco do inverno ainda dão as caras e as doenças inflamatórias, respiratórias e alergias são muito comuns nesta época.

Por isso, devemos, mais do que nunca, usar os alimentos a nosso favor para proteger a saúde e fortalecer o sistema imunológico, além de ajudar a tratar tosses, gripes, resfriados e aquelas inflamações na garganta, tão típicas do frio.

O gengibre está entre as especiarias mais saudáveis do mundo. É rico em nutrientes e contém compostos bioativos poderosos para o corpo e o cérebro. Possui uma longa história de uso na medicina tradicional e na alternativa. Foi e é usado para ajudar a digestão, reduzir a náusea, combater gripes e resfriados.

A fragrância única e o sabor vêm dos seus óleos naturais. O principal deles é o gingerol, responsável por muitas de suas propriedades medicinais. Possui poderosos efeitos anti-inflamatórios e antioxidantes.

Mas não vai exagerar, ok? Se consumido em excesso suas propriedades podem provocar irritação nas mucosas, taquicardia, insônia, aumento de pressão e até hipoglicemia.

A quantidade diária recomendada para ingestão não deve passar de uma colher de café do pó ou uma fatia média da raiz.

O gengibre é muito versátil e você pode usá-lo nas refeições de muitas formas: fresco, seco, em pó, como um óleo ou suco.

Chá: deixe raízes, cascas ou talos de molho por cerca de 30 minutos, acrescente água e leve o gengibre ao fogo por mais 30 minutos.

Pedaços: para aliviar rouquidão e garganta irritada, mastigue pedacinhos de gengibre.

Suco: bata o gengibre no liquidificador com abacaxi, hortelã ou raspas da casca do limão.

Bala: também ameniza a dor de garganta. É bem fácil encontrar em farmácias e lojas de produtos naturais. 

Receitas:vai bem no preparo de pratos doces e salgados. Experimente em saladas, massas, caldos, carnes, bolos, tortas, sobremesas, drinks ou acrescente no arroz.

Todas as notícias